Resenha: O Primeiro Último Beijo (Ali Harris)

Em 28.09.2017   Arquivado em LITERATURA

Sinopse:

Um livro sobre a luta para manter o amor da sua vida, mesmo quando o futuro é incerto

O primeiro último beijo conta a história de amor de Ryan e Molly, de como eles se encontraram e se perderam diversas vezes ao longo do caminho.  Seis anos e muitos beijos depois, ela está casada com o homem que ama. Mas hoje Molly percebe quantos beijos desperdiçou, porque o futuro lhes reserva algo que nenhum dos dois poderia prever… Esta história comovente, bem-humorada e profundamente tocante mostra que o amor pode ser enlouquecedor e frustrante, mas também sublime. Na mesma tradição de P.S. Eu te amo e Um dia, O primeiro último beijo vai fazer você suspirar e derramar lágrimas com a mesma intensidade.

O Primeiro último Beijo conta a história de Molly e Ryan e como eles desenvolveram um relacionamento ao longo dos anos. Molly é uma mulher prática e que sonha em se realizar profissionalmente. Fotógrafa, ela ama capturar sonhos e sentimentos. Ryan, por sua vez, é um homem romântico e simples. Ama esportes, a família e a sua cidade natal, a pequena Leigh On Sea.

Molly e Ryan se conheceram ainda adolescentes. Ryan, o astro do futebol. Molly, a gótica rebelde. Enquanto Ryan sempre quis envelhecer em Leigh On Sea, Molly desejava o oposto. Ela sempre se considerou uma mulher de cidade grande.

Como se pode perceber, Molly e Ryan, muito diferentes entre si, nunca foram almas gêmeas. Ainda assim,  por um descuido do destino e contra todas as probabilidades, os dois acabaram por se apaixonar. Construíram um relacionamento longo e duradouro, mas que, como todo relacionamento, tem suas rachaduras e imperfeições.

O amor dura para sempre? Ou ele um dia acaba? As pessoas se distanciam? As realizações profissionais devem prevalecer ao amor? O desejo esfria? O que é a morte se comparada ao amor? O Primeiro último Beijo é um romance que se constrói em cima dessas questões. Ele, tendo como pano de fundo o relacionamento de Molly e Ryan, as desenvolve e as responde – e as responde, é claro, consonante a lógica da autora, Ali Harris.

Essa é a premissa básica da história.

O que eu achei do livro:

 Em um primeiro momento, eu estava muito animada com a leitura de O Primeiro Último Beijo, visto que me identifiquei muito com Molly –  a personagem principal e narradora deste livro. Conseguia entender suas dúvidas e incertezas.  Sabia o que era estar em um relacionamento longo e que começou cedo demais.

No entanto, no decorrer do livro, eu fui me distanciando da personagem. E, confesso, não gostei muito do rumo que Ali Harris deu para a história. Ela ficou muito parecida com com as típicas histórias de Nicholas Sparks, um escritor muito comercial cujas obras eu, no geral, detesto.

Acho também que o livro não precisava ser TÃO grande. Poderíamos subtrair, facilmente, umas cem páginas e a história continuaria a ter começo, meio e fim.

Apesar disso tudo, O Primeiro Último Beijo é envolvente, tocante e doce. É o tipo de leitura fofa, gostosa e triste – tudo ao mesmo tempo.  Vale a pena se você se interessa e gosta de romances nesse estilo. Eu, pessoalmente, não gosto tanto. Por isso, acho que senti um pouco de desconforto.

A nota que dou para este livro é 4/6 – BOM.

 

 

Nome do livro:  O Primeiro Último Beijo;

Autora: Ali Harris;

Editora: Verus;

Páginas: 448.

 

  • Lua

    Em 28.09.2017

    Eu tô meio que correndo deste tipo de leitura, tô querendo alguma coisa menos romântica, e mais surpreenente, o que vc me indica?

  • Bruna Pezzan

    Em 28.09.2017

    eu entendo você, porque eu também não curto tanto leituras nesse estilo. hahaha
    Olha, eu sempre, SEMPRE MESMO, me surpreendo com os livros da Kate Morton. Você deveria dar uma chance à autora.
    É minha escritora preferida. Vale muito a pena.

    Quais gêneros você gosta de ler? Fica mais fácil eu indicar leituras se souber os seus gostos literários 🙂

    Obrigada por passar por aqui.

    Beijão <3